Quinta, 20 Agosto 2020 18:26

Regravação musical: melhores práticas, cases e lançamentos durante a pandemia Destaque

Escrito por Redação Mundo da Música
Avalie este item
(0 votos)
Analisando alguns cases lançados durante a pandemia, o Mundo da Música reuniu algumas características e diferentes histórias da essa estratégia atemporal além de melhores práticas. Analisando alguns cases lançados durante a pandemia, o Mundo da Música reuniu algumas características e diferentes histórias da essa estratégia atemporal além de melhores práticas. Divulgação

Uma das estratégias mais antigas do mercado musical, a regravação, também conhecida como versão ou releitura; assume novamente popularidade na estratégia dos artistas durante a pandemia.

Mas, antes de planejar esse lançamento, a melhor prática é pedir autorização ao titular de direito da obra musical ou Editora responsável. Para procurar essas informações e entrar em contato, acesse o site do EcadNet ou do ISWC.

Analisando alguns cases lançados durante a pandemia, o Mundo da Música reuniu algumas características e diferentes histórias dessa estratégia atemporal da indústria presente em todos os gêneros.

Entre os projetos, estão: a nova versão de Anacrônico, com Pitty e Josyara; o álbum "Tudo Vira Reggae" do grupo Maneva; Marília Mendonça e Maiara & Maraisa com "Patroas"; Deezer Home Sessions com o cantor Michel Teló; Titãs com o "Trio Acústico"; Dua Lipa com Levitating Remix ft. Madonna e Missy Elliott e o álbum Club Future Nostalgia; DiPropósito com versão acústica de "Manda Áudio" e Gabriela Rocha com a versão em espanhol em parceria com Christine D’Clario de "Lugar Secreto".

O MM dividiu esses lançamentos em categorias: resgate musical, projeto especial, versão inédita e estratégia para mercado internacional entre os principais objetivos ao optar por uma nova versão musical, que pode dar uma sobrevida importante à um lançamento.

Veja mais detalhes abaixo:

 

Resgate Musical

Quinze anos após seu lançamento, a música "Anacrônico", da Pitty, ganhou uma versão especial em um dueto dela com a cantora e compositora baiana Josyara
 
Tudo começou quando Pitty viu, na internet , um vídeo de Josyara cantando e tocando "Anacrônico" no violão. Ela gostou tanto que teve a ideia de fazerem uma versão juntas. Assim, a cantora enviou sua gravação para Pitty, que inseriu percussão, piano e fez alguns vocais.

"Algumas músicas atravessam o tempo e em cada escuta surge um novo sentir; ideias, vontade de realizar qualquer coisa: o movimento. Para mim 'Anacrônico' é tudo isso. Quando ouvi tive coragem, levei para o repertório do meu primeiro show aos 14 anos. Recentemente tive desejo de cantar de um jeito diferente mas com o mesmo despertar de antes. Alegria maior ainda é poder compartilhar com Pitty, grande influência que me trouxe para tantos lugares de sons e delírio de ser artista" – contou Josyara.
 
Pitty também se emocionou: "fiquei encantada com a interpretação de Josyara. Já conhecia o trabalho dela, curto muito a pegada particular do violão, o timbre, as letras. E não imaginava que ela curtia meu som, foi uma surpresa boa, especialmente quando ela contou a história de 'Anacrônico'. Quando vi na internet, a intuição logo chamou: ‘junta essas cabeças aí’. Que bom que ela topou", diz.

 
 
 

Projeto Especial

Projeto do MANEVA, em parceria com a Universal Music, a GTS e a Base 4, lançado no Dia Mundial do Reggae, o "Tudo Vira Reggae" traz obras da música popular brasileira em releituras que navegam pelos mais diferentes ritmos, mas com o arranjo particular do som jamaicano. A produção é assinada por Thiago Stancev.

Canções de Chitãozinho e Xororó, Djavan, Raul Seixas, Titãs, Alceu Valença, dentre outros artistas, fazem parte do décimo registro de carreira. As escolhidas foram “Epitáfio”, “O vento”, “Péssimo negócio”, “Te devoro”, “Evidências”, “Metamorfose ambulante”, “Anunciação”, “Na rua, na chuva, na fazenda” e o medley de “À francesa” e “Noite do prazer”. “Um projeto que tem a nossa cara. Conseguir reunir músicas que fazem parte das nossas histórias e dar a elas um novo olhar foi uma experiência quase sensorial”, explica Tales de Polli, vocalista do MANEVA.

 

 

É nesse clima de união e trajetórias repletas de sucessos que Marília Mendonça e Maiara & Maraisa, as "Patroas", lançam o projeto de mesmo nome, pela Som Livre. Todo gravado durante a última live do trio, transmitida no dia 14 de junho, o conteúdo será fragmentado em cinco EP’s e o primeiro chegou às plataformas no dia 10 de julho.

Os demais EP’s serão lançados a cada duas semanas e cada um chegará às plataformas com uma música nova, entre outras já consagradas. No total, o projeto conta com 19 faixas, sendo 14 regravações de 'modões' - como "Não aprendi a dizer adeus" e "No dia em que eu saí de casa" - e cinco inéditas, entre elas quatro de composição das artistas e uma versão em português do clássico "Listen To Your Heart", sucesso da banda sueca Roxette.

A vida das três parece andar lado a lado, desde quando surgiram como cantoras e encabeçaram um movimento intitulado como "feminejo". Por volta de 2016, lançaram a ‘Festa das Patroas’ ao mesmo tempo suas carreiras ganhavam o Brasil. Recentemente, na live "Patroas", sentiram ser o momento de retomar o que haviam começado, desta vez mais maduras, com conceito e formato reformulados, mas mantendo o principal: as três no palco o tempo todo, cantando e se divertindo juntas.

 

Não há distanciamento que impeça uma canção de existir - ainda mais, quando a intenção é levar alegria e conforto a quem estiver ouvindo. É isso que a Deezer, plataforma global de áudio, provou ao lançar o projeto “Deezer Home Sessions”. 

O cantor Michel Teló foi um dos convidados brasileiros para participar da iniciativa global, cuja ideia é a gravação de versões caseiras e intimistas de músicas autorais e covers. Teló escolheu produzir uma versão de uma canção de Lulu Santos, seu grande amigo e companheiro de The Voice Brasil. A música escolhida foi “Apenas mais uma de amor”, uma das mais famosas de Lulu.

Segundo o artista, a escolha faz jus ao verso “a alegria que me dá, isso vai sem eu dizer”“Temos uma amizade linda, e escolhi uma música que não só eu gosto muito, todo mundo gosta. É muito especial essa moda que fala do amor de forma muito especial, do jeito mais puro de ser. Estou em casa, fiz então de uma maneira bem simples, mas com muito carinho e espero que vocês gostem”, conta Michel.

O projeto, que abrange do gospel ao funk e do sertanejo ao axé, conta com canções que foram pensadas para não deixar ninguém de fora. “Buscamos artistas de diversos estilos musicais que pudessem trazer algo novo e fora do que costumam trabalhar. Ter um MC cantando um clássico de Emílio Santiago, um sertanejo cantando um clássico de Lulu Santos, e duas bandas de rock nacional tocando um clássico do Axé mostram o quão versáteis esses artistas são e o quão rica nossa música é”, conta Fábio Santana, Gerente de Relacionamento com Artistas e Gravadoras da Deezer no Brasil.

Foto: “Deezer Home Sessions” Michel Teló. Créditos: Divulgação/Som Livre

 
Clique aqui para conferir a versão.
 

Versão Inédita

 
Os Titãs formam um grupo que em 38 anos, permanece inovando a cada lançamento - nos 15 álbuns de estúdio anteriores gabaritaram os gêneros (do new wave ao punk), tiveram todo tipo de formação (do trio ao octeto), e em todas ocasiões se recusaram ao conforto de uma estrada conhecida. E permanece com a mesma linha no projeto Titãs Trio Acústico”, que terá três EPs.
 
No “Trio Acústico - EP01”, o desafio foi recriar canções com o mínimo de elementos, já que nem no acústico de 23 anos atrás fizeram essa economia. Algumas ganharam versões onde um deles somente a conduz em voz e algum instrumento.

A escolha do repertório, aliás, é outro ponto de atenção no trabalho, já que mais uma vez encararam o desafio de desnudar as canções seja qual fosse a complexidade de elementos no registro original.

“Fazer de maneira diferente é algo intrínseco nos Titãs. Nosso desafio é sempre sermos diferentes do trabalho anterior. Temos que surpreender a nós mesmos”, diz Tony Bellotto.

 

 

Estratégia - Single de Sucesso

 
Depois de anunciar o lançamento de “Club Future Nostalgia” – um versão completamente remixada do álbum número um global, “Future Nostalgia”, em colaboração com a DJ The Blessed Madonna e com lançamento previstos para 28 de agosto – Dua Lipa aguça os fãs com a estreia do esperado remix de “Levitating” (feat. Missy Elliott e Madonna).
 
A música estreou no TOP 200 Brasil do Spotify, na posição de número 161. 

A versão original de “Levitating” acumula, apenas no Brasil, mais de 8,2 milhões de plays, o álbum “Future Nostalgia”, tem mais de 352 milhões de streams até agora apenas no país.
 
 
 

Manda Áudio”, hit do grupo DiPropósito refletido nos mais de 13 milhões de streams nas plataformas digitais de áudio e 7 milhões de plays no YouTube – ganhou uma releitura acústica. A versão de estúdio da canção está entre as 100 mais tocadas do país no Spotify.

“Manda Áudio (Acústico)” traz a canção que revelou o grupo em uma roupagem diferente e promete reforçar ainda mais o hit nas plataformas digitais, apoiando o crescente sucesso do grupo. 

Formado atualmente pelos amigos Kaique (voz), Laycon (Voz), Gege (Percussão), Xandy (Pandeiro), Pedrinho (Tantan), Mateusinho (Cavaco) e Acerola (Surdo), o Di Propósito nasceu em Guará (DF), em 2009, nas “resenhas de amigos”. Alguns anos depois, o que era motivo de encontros casuais e sempre divertidos, tornou-se um projeto musical, que vem ganhando a cena.

Com sucessos na bagagem, como “Me Beija” (2016), “Noite de Amor” (2017), “Mil Juras” (2018), “Cara Safado”, com participação do Ferrugem (2018), o grupo conquistou destaque nacional com a canção “Manda Áudio”:

O sucesso de ´Manda Áudio´ é algo surpreendente em nossas vidas, porque é uma música que já gravamos há algum tempo. E a cada dia, ela se reinventa, a cada mês, ela toma uma proporção diferente, a cada minuto que passa, ela chega em um novo lugar. E a gente se surpreende com essa música a cada dia”, avalia Kaique.

 

 
 

Estratégia - Mercado Internacional 

Lugar Secreto é uma das canções responsáveis por tornar Gabriela Rocha uma das artistas cristãs mais ouvidas do país. Com estratégia para alcançar Brasil, América Latina, região da Flórida e Costa Oeste dos Estados Unidos, onde grande parte da população é latina, o videoclipe gravado em Dallas, no Texas, apresenta a nova versão em espanhol de “Lugar Secreto” e estabelece, assim, o mix entre as nações. 

A nova gravação é um feat com Christine D’Clario, ministra de louvor latina e amiga de Gabriela.  Juntas, elas expressam toda a paixão por Deus e transmitem a mensagem da melodia, sendo um elo para estar cada vez mais perto de Deus e envolto por sua glória e poder.

Após alcançar mais de 350 milhões de visualizações no Brasil com sua versão em português, neste momento delicado de distanciamento social, o novo som chega com para somar ao objetivo da missão de Gabriela e Christine que é atingir cristãos de todo o continente, preenchendo suas vidas e levando a palavra de Deus através da arte.

 

 
 
 
Última modificação em Sábado, 22 Agosto 2020 17:27

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.