Quinta, 21 Mai 2020 16:43

Instagram esclarece regras para a utilização de músicas em vídeos e lives Destaque

Escrito por Redação Mundo da Música
Avalie este item
(0 votos)
Instagram esclarece regras para a utilização de músicas em vídeos e lives Instagram

O Instagram esclareceu ontem (20) as suas regras para a utilização de músicas em vídeos e lives que tiveram um aumento expressivo durante o período de isolamento social em meio à pandemia da Covid-19. O comunicado também abrange o Facebook.

"A música é uma força de ligação em tempos normais. Durante tempos difíceis e isolados como esse, sabemos que isso pode ser ainda mais importante. Como o distanciamento social obrigou todos a se manterem separados, mais pessoas se voltaram para o Instagram e o Facebook Live para ficarem conectados com suas comunidades.

Esse rápido aumento no uso criou ações positivas durante essa crise - arrecadar dinheiro para trabalhadores da linha de frente e comunidades carentes, conscientizando sobre hábitos saudáveis, incentivando as pessoas a permanecerem seguras em casa e unindo as pessoas por meio de novas formas de entretenimento. Mas também destacou algumas confusões em toda a comunidade, especialmente sobre o uso de músicas gravadas no Live no Facebook e no Instagram", diz o anúncio.

A atualização da plataforma objetiva seguir a longo prazo aprimorando e garantindo o cumprimento dos acordos de direitos autorais.

An example of In-Product video removal notification through a mobile phone device.

Foto: Imagem de notificação sobre o uso de música sem autorização no Instagram. Créditos: Instagram

Diretrizes para incluir músicas no vídeo ou live

"Queremos incentivar a expressão musical em nossas plataformas, além de garantir o cumprimento de nossos acordos com os detentores de direitos. Esses acordos ajudam a proteger os artistas, compositores e parceiros que são a pedra angular da comunidade musical - e somos gratos por terem permitido a incrível criatividade que vimos neste momento.

Nossas parcerias com detentores de direitos uniram as pessoas em torno da música em nossas plataformas. Como parte de nossos acordos de licenciamento, existem limitações quanto à quantidade de músicas gravadas que podem ser incluídas em transmissões ou vídeos ao vivo", afirma o comunicado.

O Instagram ressalta que as especificações dos contratos de licenciamento são confidenciais, mas, que estão compartilhando algumas diretrizes gerais para os usuários a planejarem melhor seus vídeos:

  • Não há limites para conteúdos como sticker de música no Stories ou apresentações musicais tradicionais (por exemplo, filmar um artista ao vivo ou uma banda se apresentando);
  • Quanto maior o número de faixas gravadas em um vídeo, maior a probabilidade de ela ser limitada (mais abaixo, o Instagram ressalta o conceito de “limitado”);
  • Por esse motivo, clipes de música mais curtos são recomendados;
  • Sempre deve haver um componente visual no seu vídeo; o áudio gravado não deve ser o objetivo principal do vídeo;
  • Essas diretrizes são consistentes em vídeos ao vivo e gravados no Facebook e Instagram e para todos os tipos de contas, como páginas, perfis, contas verificadas e não verificadas. E embora a música seja lançada nas plataformas em mais de 90 países, há lugares em que ainda não está disponível. Portanto, se o seu vídeo incluir música gravada, talvez ele não esteja disponível para uso nesses locais.

O comunicado também destaca a existência de uma biblioteca de músicas e efeitos sonoros personalizados, sem nenhum custo, usando a Coleção de Sons do Facebook.

O banco de dados inclui milhares de faixas disponíveis para uso nos vídeos que você compartilhar no Facebook e Instagram sem limites - abrangendo gêneros como hip-hop, pop, jazz, country entre outros.

"Continuaremos trabalhando lado a lado com nossos parceiros de música para permitir que as pessoas construam comunidade com música de novas maneiras e, especialmente durante esse período, estamos trabalhando juntos para maximizar a capacidade das pessoas de se expressar por meio de nossos produtos", afirma o Instagram.

Em tempo, a Deezer divulgou as músicas do streaming de áudio mais compartilhadas na rede social na atualiadade, clique aqui e saiba mais.

Última modificação em Quinta, 21 Mai 2020 23:40

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.