Sexta, 22 Novembro 2019 12:15

Apple Music for Business: saiba detalhes da plataforma de curadoria musical para marcas Destaque

Escrito por Redação MM
Avalie este item
(0 votos)
Apple Music for Business Apple Music for Business Reprodução

A Apple fez uma parceria com a empresa PlayNetwork, empresa de engajamento, estratégia e criatividade para marcas, para lançar um serviço "Apple Music for Business".

O serviço está disponível na App Store, para usuários do sistema operacional iOs e também por players de música CURIOPlayer Z8.

A empresa já está testando a plataforma para uso em empresas como Levi Strauss & Co. Harrods, de acordo com o Wall Street Journal.

O Apple Music for Business apresenta listas de reprodução com curadoria humana e os supervisores de música da PlayNetwork 'selecionarão' faixas 'para ajudar a desenvolver uma estratégia musical sólida e criar um som personalizado para as marcas.

De acordo com o MBW, um estudo realizado pela Nielsen Music em outubro de 2018, encomendado pela Soundtrack Your Brand (apoiada pelo Spotify) descobriu que os detentores de direitos ao redor do mundo poderiam estar perdendo pelo menos US$2,65 bilhões a cada ano porque as pequenas empresas tocam música de fundo através contas de streaming pessoais.

 “Este serviço revolucionário combina curadoria de música de classe mundial, tecnologia proprietária e ferramentas fáceis de usar para permitir que os clientes ouçam, compartilhem e apreciem a música que sua marca toca - não importa para onde eles vão", diz a Apple na descrição da plataforma em seu site.

O lançamento representa o olhar atento do mercado para novas possibilidades de relação e a força do branding de áudio para as marcas.

Em 2019, trouxemos aqui no MM uma série de matérias sobre Music & Branding e você pode conferir mais sobre o assunto clicando aqui.

E para aprofundar o assunto sobre a força do áudio e o atual momento da indústria, acesse aqui.

A Apple entrou com um pedido de marca comercial para 'Apple Music for Business' no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos em 29 de novembro de 2018.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.