Terça, 30 Junho 2020 19:46

Universal Music Group e Annenberg Inclusion Initiative ampliam parceria em ações de diversidade e inclusão na música Destaque

Escrito por Redação Mundo da Música
Avalie este item
(0 votos)
Olhando para a necessidade de equidade em todos os setores, a Annenberg Inclusion Initiative (Annenberg) e o Universal Music Group (UMG) estão ampliando sua parceria para promover uma compreensão mais profunda sobre como proporcionar mudanças reais na indústria da música. Olhando para a necessidade de equidade em todos os setores, a Annenberg Inclusion Initiative (Annenberg) e o Universal Music Group (UMG) estão ampliando sua parceria para promover uma compreensão mais profunda sobre como proporcionar mudanças reais na indústria da música. Logo/Universal Music Group e USC Annenberg Inclusion Initiative

O Universal Music Group (UMG) e a Annenberg Inclusion Initiative (Annenberg) anunciaram hoje (30) que estão ampliando sua parceria para promover uma compreensão mais profunda sobre como proporcionar mudanças reais na indústria da música com ações de diversidade e inclusão.

Artistas negros estão constantemente no topo das paradas musicais, mas negros e pessoas de etnias não-brancas não são representados de maneira adequada nos cargos de poder da indústria musical. A desigualdade sistêmica nas posições de liderança se estende em todas as áreas da indústria do entretenimento.

Nos próximos meses, a parceria vai realizar novas pesquisas – examinando as grandes empresas de música, empresas independentes, gravadoras, editoras, plataformas digitais, empresas de rádio e shows ao vivo, assim como as equipes dos artistas, com foco nos empresários, agentes, advogados e publicitários – para determinar até que ponto homens e mulheres não brancos são excluídos das posições de liderança da indústria da música. Com essas informações em mãos, a Annenberg emitirá um relatório, estabelecendo metas e fornecendo recomendações sobre como a indústria da música pode lidar com essas disparidades.

Atualmente, existem lacunas no acesso e nas oportunidades geradas para que essas pessoas, especialmente executivos negros, assumam posições importantes no ramo da música”, disse a Dra. Carmen Lee, membro do corpo docente afiliado à Annenberg Inclusion Initiative e pesquisadora principal do trabalho.

Além de destacar essas discrepâncias, devemos mostrar como a falta de pessoas negras em papéis-chave impede que haja inclusão no mercado da indústria. Estou ansiosa para liderar essa comissão, ladeada pela Annenberg Inclusion Initiative e em parceria com a Universal Music Group, uma empresa com um histórico comprovado de mudança”.

A UMG estabeleceu uma Força-Tarefa para Mudanças Significativas (Task Force for Meaningful Change - TFMC) como uma força motriz para a inclusão e a justiça social. A TFMC trabalha para ampliar e expandir os programas atuais da UMG, elaborar novas iniciativas e apoiar comunidades marginalizadas na luta contínua por igualdade, justiça e inclusão. Seu trabalho está dividido em seis áreas, incluindo: Auxílio/Doações de Caridade; Global; Mudanças Internas/Institucionais; Política Legislativa/Pública; Parceiros; e Programação/Curadoria.

A força-tarefa é formada por um grupo de profissionais da UMG, e copresidida por Jeff Harleston (Vice-Presidente Executivo da UMG, General Counsel e Presidente e CEO Interino da Def Jam) e Ethiopia Habtemariam (Presidente & EVP da Motown Records, Capitol Music Group).

Foto: Jeff Harleston (Vice-Presidente Executivo da UMG, General Counsel e Presidente e CEO Interino da Def Jam)
e Ethiopia Habtemariam (Presidente & EVP da Motown Records, Capitol Music Group). Créditos: Universal Music Group

Os copresidentes da TFMC, Jeff Harleston e Ethiopia Habtemariam, disseram: “Esperamos ansiosamente pelo nosso trabalho contínuo com a Annenberg Inclusion Initiative, enquanto trabalhamos para promover a diversidade e a inclusão em todos os ângulos do negócio da música. Estamos comprometidos não apenas em melhorar o desempenho da UMG, mas também em promover mudanças reais e sustentáveis ​​em todo o ecossistema musical. Sabemos que a música pode fazer melhor e acreditamos que, com base nas pesquisas e dados, a mudança pode ser mais significativa e construtiva”.

 

Ampliação da Parceria UMG e USC 

O projeto representa uma segunda fase da parceria entre a Universal Music Group e a Annenberg Inclusion Initiative. Em 2017, os dois grupos anunciaram uma parceria para apoiar a inclusão na música, na qual ambos exploraram questões relacionadas à participação de mulheres e mulheres negras, especificamente nos negócios. Jody Gerson, Presidente e CEO da Universal Music Publishing Group, foi nomeada para o Conselho Consultivo da Iniciativa (Initiative’s Advisory Board).

Além da pesquisa, as duas organizações trabalharam juntas nos últimos dois anos para apoiar os esforços da She Is The Music, uma organização sem fins lucrativos fundada por Alicia Keys, Gerson, Ann Mincieli e Samantha Kirby Yoh, para aumentar o número de mulheres que trabalham com música em uma variedade de cargos. Em janeiro de 2020, a fundadora da Inclusion Initiative FounderDra. Stacy L. Smith, foi nomeada para o Conselho de Liderança fundador da organização.

 

Tanto a Initiative quanto a UMG têm um legado de engajamento transformador e impactante no negócio da música. A combinação de forças para enfrentar questões urgentes relacionadas à justiça racial e à equidade na indústria fonográfica servirá para acelerar as mudanças e abrir caminho para vozes talentosas, tanto nas fileiras artísticas quanto organizacionais.  

Sobre a USC Annenberg Inclusion Initiative

Lançada há mais de 10 anos pela Dra. Stacy L. Smith, a Initiative é mundialmente reconhecida pela procura de soluções valiosas para promover a igualdade no entretenimento. A Dra. Smith e a Annenberg Inclusion Initiative examinam gênero, raça/etnia, orientação sexual, deficiências e idade das pessoas em frente às câmeras e gênero e raça/etnia por trás das câmeras em conteúdo cinematográfico e televisivo, bem como barreiras e oportunidades enfrentadas por mulheres e pessoas não brancas na indústria do entretenimento.

A Annenberg Inclusion Initiative também realiza análises econômicas relacionadas à diversidade e ao desempenho financeiro dos filmes. Em 2015, a LA Weekly nomeou a Dra. Smith a pessoa mais influente (#1) em Los Angeles e ela foi convidada para falar em diversos compromissos qualificados, que vão desde o TED Women até as Nações Unidas. A Dra. Smith e a Annenberg Inclusion Initiative foram destaque no The New York Times, Los Angeles Times, The Atlantic, Newsweek, The Hollywood Reporter, Variety e NPR, entre outros. 

Os relatórios de pesquisa da Annenberg Inclusion Initiative incluem o Relatório Abrangente da Annenberg sobre Diversidade (Comprehensive Annenberg Report on Diversity - CARD), vários estudos de referência com o Sundance Institute e com o Women in Film Los Angeles e uma pesquisa anual sobre as personagens das obras e as profissionais por trás das câmeras nos 1.000 filmes de maior bilheteria e um relatório anual sobre inclusão na música.

O trabalho da Initiative revolucionou a indústria da música e a Dra. Smith atuou na Força-Tarefa da Recording Academy sobre Diversidade e Inclusão. AAnnenberg Inclusion Initiative é generosamente apoiada pela Fundação Annenberg, Fundação David e Lura Lovell, Universal Music Group e outras pessoas.

Última modificação em Terça, 30 Junho 2020 22:43

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.