Terça, 09 Junho 2020 10:00

ONErpm recebe milhões de dólares do Spotify/IPO em 2018 e não repassa aos clientes Destaque

Escrito por Redação Mundo da Música
Avalie este item
(2 votos)
ONErpm recebe milhões de dólares do Spotify/IPO em 2018 e não repassa aos clientes Divulgação

A ONErpm recebeu milhões de dólares da MERLIN sobre a abertura de capital (IPO) do Spotify em 2018 e não repassou aos clientes.

De acordo com matéria publicada ontem (8) pela página do Facebook, "Music News Brasil", a MERLIN arrecadou milhões de dólares na operação Spotify/IPO e com toda transparência, e sem reter qualquer valor, distribuiu este dinheiro aos seus associados no mundo todo, principalmente a seus distribuidores digitais associados. E as empresas deveriam passar imediatamente os valores recebidos aos seus clientes globalmente.

Essa aconteceu aconteceu quanto o Spotify abriu seu capital para a bolsa americana (IPO), em 2018, e alguns de seus investidores preferiram vender suas ações para se capitalizar. Segundo informações da Music News Brasil, um desses investidores foi a MERLIN, agência global de direitos digitais para o setor de selos independentes do mundo, com mais de 800 membros, e que hoje representam dezenas de milhares de selos em 63 países.

A matéria ainda revela que: "depois de dois anos e quatro meses “estranhamente” após movimentação do mercado, no dia 06/06/20 (sábado) aponta pagamentos aos selos brasileiros sobre milhões de dólares que recebeu da MERLIN sobre o SPOTIFY/IPO em 2018.

"Segundo informações dos selos brasileiros e estrangeiros, que trabalham com mais de um distribuidor digital, a ONErpm foi a única empresa do mundo que não repassou estes valores aos selos distribuídos em 2018. E, até então, nunca havia informado aos seus clientes sobre essa operação, e também, nunca informou o valor recebido em dólares pela MERLIN.

Informações extra oficiais comentam que foram mais de US$ 1 milhão de dólares. Ou seja, essa informação só foi descoberta anos depois por acaso, em conversas sobre mercado digital com vários profissionais e investidores da música no mundo.

No dia 03/06/2020 da semana passada, alguns selos distribuídos na ONErpm do mercado nacional e americano começaram a se mobilizar em grupos de WhatsApp/Skype para tomar atitudes referente à falta destes pagamentos, pois, muitos clientes da ONErpm nem sabiam que tinham valores à receber. E os que sabiam, há quase um ano e meio, aguardavam uma posição da ONErpm sobre o assunto.

Segundo alguns relatos de selos envolvidos, os e-mails enviados a diretoria e a presidência da empresa sobre o assunto SPOTIFY/IPO nunca foram respondidos", aponta a publicação.

O Mundo da Música procurou a ONErpm para se posicionar sobre o assunto. No dia 11 de junho, a companhia entrou em contato com o MM para envir o pronunciamento oficial.

Confira o esclarecimento da ONErpm clicando aqui.

Última modificação em Quarta, 17 Junho 2020 13:29

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.