Quarta, 17 Abril 2019 13:20

Exclusivo: Playax divulga relatório de desempenho dos gêneros musicais no primeiro trimestre de 2019 Destaque

Escrito por Redação MM
Avalie este item
(0 votos)

O mercado da música possui dinâmicas próprias com momentos de destaque para determinados gêneros musicais. Pensando nisso, o Mundo da Música disponibiliza com exclusividade o relatório da Playaxplataforma de desenvolvimento e monitoramento de audiência para profissionais e artistas da música,  com a análise de desempenho dos gêneros musicais (Market Share) no Brasil no primeiro trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período do último ano.

O relatório leva em consideração o desempenho de plays no Rádio, YouTube e Spotify.

Veja o gráfico do relatório em seguida:

Créditos: Relatório Playax Trimestral Gêneros Musicais 2019/Reprodução Mundo da Música

  • Sertanejo

Desempenho em queda nas três plataformas: Spotify (-5%); Rádio (-5%) e YouTube (-5%);

  • Samba

Com expressivo crescimento nas três análises: Spotify (+35%); Rádio (+35%) e YouTube (+97%);

  • Rock

Um interessante crescimento nas rádios: Spotify (-16%); Rádio (+7%) e YouTube (+1%);

  • Religiosa/Gospel

Segue em crescimento constante no digital: Spotify (2%); Rádio (-7%) e YouTube (+3%);

  • Reggae

Também apresentou crescimento nas execuções nas rádios: Spotify (-13%); Rádio (+4%) e YouTube (-2%); 

  • Pop

Permanece em crescimento no Spotify, apesar da queda nesse trimestre no YouTube: Spotify (+16%); Rádio (-1%) e YouTube (8%);

  • MPB

Apresentou resultados negativos no início do ano: Spotify (-3%); Rádio (-9%) e YouTube (-7%);

  • Hip Hop/Rap

O segundo maior crescimento do Spotify entre os gêneros analisados: Spotify (+21%); Rádio (-9%) e YouTube (+5%);

  • Funk Brasileiro

Com mais espaço nas rádios, apresentou crescimento: Spotify (-8%); Rádio (+8%) e YouTube (-13%);

  • Forró

Resultados positivos nas três análises: Spotify (+6%); Rádio (26%) e YouTube (26%);

  • Eletrônica

Apesar do crescimento nas rádios e no YouTube, apresentou queda expressiva no Spotify: Spotify (-25%); Rádio (+1%) e YouTube (8%);

  • Brega

O segundo maior crescimento da análise no YouTube: Spotify (-2%); Rádio  (+9%) e YouTube (+72%);

  • Axé

O gênero apresentou queda nas três análises: Spotify (-27%); Rádio (-1%) e YouTube (-3%);

Ainda podemos comparar o desempenho dos gêneros com o relatório da Playax 'Desenvolvimento dos Artistas' em 2018, que publicamos aqui no MM no início de fevereiro.

Veja os gráficos abaixo:

Crédito: Relatório Anual Playax 2018

Crédito: Relatório Anual Playax 2018

 

O relatório do último ano da Playax, já antecipava alguns movimentos que podemos observar no primeiro trimestre: crescimento do Samba, Forró, Hip Hop/Rap, por exemplo.

Artistas como Anitta (Pop), Dilsinho (Samba) e Hungria Hip Hop (Hip Hop) estão entre os principais do YouTube e também, garantem a popularidade dos gêneros musicais que representam. Atualmente assumem os lugares no ranking: Anitta (1º), Dilsinho (8º) e Hungria Hip Hop (34º).

Nos últimos dois anos do mercado da música, após o apogeu absoluto do Sertaenjo, a característica da indústria musical no país era Sertanejo em destaque ao lado do Pop/Funk.

O crescimento de gêneros como Samba e Hip Hop/Rap apontam para uma tendência de mudança de cenário musical no Brasil.

 

 

 

Última modificação em Quarta, 17 Abril 2019 21:59

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.